Inácio leva vantagem

Confronto directo entre Manuel Machado e Augusto Inácio é favorável ao rival

01 Dez 2016 / 02:00 H.

Como se já não bastasse a mudança de treinador, que é sempre um factor de motivação extra para qualquer equipa, como é o caso do Moreirense, a estatística não joga nada a favor de Manuel Machado nos confrontos com Augusto Inácio, o ‘leão’ que se mudou para Moreira de Cónegos.

Nos sete jogos em que se enfrentaram, entre 2002 e 2013, o melhor que conseguiu o técnico do Nacional foram quatro empates, registando-se mais três derrotas.

No Moreirense, onde se deu a conhecer ao Mundo, Manuel Machado perdeu duas vezes no dérbi com o Guimarães (3-0 e 2-1), que era orientado por Inácio, na época 2002/03, e conseguiu um empate (1-1), na temporada seguinte.

Ainda em Moreira de Cónegos, Machado empatou com o Belenenses ‘de’ Inácio (0-0) em 2003/04.

Os técnicos voltaram a encontrar-se em 2004/05, era então Machado treinador do Guimarães, Inácio do Beira-Mar. O jogo terminou empatado a duas bolas.

Depois de um longo hiato, o reencontro aconteceu em 2009/10, já Manuel Machado orientava o Nacional. Inácio era o timoneiro da Naval. Nova igualdade, sem golos.

Finalmente, a 3 de Fevereiro de 2013, curiosamente nos clubes que agora orientam, a jogar em casa, o Nacional foi batido pelo Moreirense, por 2-1.