Governo Regional reforça apoio ao Rali Vinho da Madeira

Pedro Calado revelou que o aumento do apoio deverá rondar os 45 mil euros

14 Jun 2018 / 02:00 H.

O Governo Regional vai reforçar em cerca de 45 mil euros o seu apoio à edição de 2018 do Rali Vinho da Madeira, passando para 345 mil euros. Uma revelação feita pelo vice-presidente do executivo madeirense, Pedro Calado, na conferência de imprensa de apresentação da prova, realizada ontem à tarde na sede do Club Sports Madeira.

Na oportunidade, Pedro Calado destacou o impacto que a prova tem ao nível social e da economia madeirense, adiantando que este reforço financeiro visa o apoio logístico ao evento, nomeadamente em termos da compra de um novo pódio.

“A prova tem um retorno muito acima daquilo que o Governo Regional investe”, adiantou o governante, considerando que a vinda do ferry e a nova esquematização da prova, de sexta-feira até domingo, é positivo.

Opinião semelhante tem o presidente do Club Sports Madeira, Paulo Fontes, que até admite manter este modelo no futuro. Este ano, vinca o dirigente, a mudança é determinada pelas ligações marítimas por ferry. De resto, a organização espera também poder capitalizar este aspecto com a vinda de pilotos das ilhas Canárias.

Sobre a vinda de pilotos estrangeiros, Fontes não revelou nomes mas admitiu a existência de contactos, acrescentando que os próximos dias poderão trazer novidades.

Paulo Fontes adiantou ainda que a organização tem a ambição de levar a prova de volta a patamares mais elevados a nível internacional. Até porque, segundo o presidente da Comissão Organizadora do Rali Vinho da Madeira, o actual modelo de calendário dos ralis em termos de Campeonato da Europa “está esgotado e terá de ser alterado”.

Outras Notícias