Foram-se os novos, ficaram os (mais) velhos

Os efeitos de emigração, além de preocupantes, é uma realidade transversal a praticamente todas as famílias nesta freguesia sede de concelho

01 Jan 2018 / 02:00 H.

A exemplo do resto do concelho e em sintonia com a preocupante realidade que predomina na Costa Norte, também em Santana a maioria dos poucos jovens deixaram a terra. Aqui a emigração faz-se notar não apenas pela ausência, mas também pelos efeitos que provoca nas origens, agora dominada por uma população envelhecida.

É o caso de Ana Gouveia, que foi mãe de sete filhos e agora vive...

Outras Notícias