Filipa com golo de ‘ouro’ faz justiça no apito final

Negativo foi o desempenho da arbitragem com fortes queixas do madeira SAD

06 Nov 2017 / 02:00 H.

Madeira Andebol SAD e Colégio de Gaia continuam invictos no Campeonato Nacional da I Divisão, depois do empate ontem acontecido no Pavilhão do Funchal a 21-21, com 11-9 ao intervalo favorável às madeirenses.

Um empate conseguido pela SAD já com o cronómetro esgotado e com Filipa Correia, que obteve nove golos, a marcar um golo final que valeu dois pontos à sua equipa, evitando a derrota.

O que, diga-se em abono da verdade, seria injusto para o andebol que o conjunto do Madeira Andebol SAD globalmente produziu nesta partida entre candidatos. Sobretudo na consistência defensiva, quando a SAD colocou concentração foi sempre superior ao seu adversário e, mais do que isso, demonstrou muita qualidade.

O Gaia acaba por ter um registo igualmente positivo. Aliás, a segurança com que as nortenhas se exibiram em termos ofensivos acabou por ser um dos factores que permitiram serem anuladas sempre as escassas vantagens que as madeirenses foram obtendo. Este empate surge igualmente por algum demérito e precipitações ofensivas do Madeira SAD, que detendo uma vantagem de duas bolas 20-18, cometeu erros ofensivos, com pouca posse de bola, que culminaram na aproximação do seu adversário. Que só não leva os três pontos por ‘culpa’ de Filipa Correia.

A SAD alinhou com Isabel, Anais, Mónica, Beatriz (1), Márcia, Filipa (9), Sara (1), Mónica Soares (6), Mónica Correia, Cristiana (3), Renata (1), Cláudia, Patrícia, Nádia e Maria Figueiredo.

Outras Notícias