Encarar Varzim olhos nos olhos

11 Nov 2017 / 02:00 H.

“Está difícil? Ok! Mas todos juntos vamos contornar as dificuldades. Ninguém vai abandonar o barco e podem ter a certeza que há um sentido de entreajuda muito grande e uma comunhão entre todos, treinadores, dirigentes e jogadores. Estamos todos focados em melhorar esta situação”, disse ontem José Viterbo, na antevisão do jogo com o Varzim, que se disputa amanhã (15 horas).

O treinador garante que “há uma vontade muito grande para reverter a situação” e que tudo se resume a “dois ou três resultados positivos”. “Vão nos dar ainda mais confiança para encaramos o futuro de uma forma diferente”, afirmou.

Por tudo isto, há que vencer amanhã. “Vamos à Póvoa encarar o adversário olhos nos olhos e tentar trazer os três pontos. O trabalho que temos vindo a desenvolver é, no fundo, estabilizar o nosso onze e darmos alguma confiança aos jogadores, que é importante nesta fase, embora ele tenham percebido que fizeram dois bons jogos, com o Arouca e o FC Porto B”, assegurou.

Sobre uma eventual luta pela subida de divisão, Viterbo declinou tal cenário. “Nesta fase, o mais importante é sair da situação difícil e delicada em que nos encontramos e não estar a pensar nos primeiros classificados. Isso seria um erro estratégico da nossa parte. O importante é subirmos na tabela classificativa e fazer um campeonato tranquilo. Todos queremos uma classificação melhor”, frisou o técnico unionista.

Outras Notícias