“É uma boa ideia reabilitar a Santa Casa de Misericórdia do P.º Santo”

05 Jul 2017 / 02:00 H.

A Santa Casa da Misericórdia de Machico assinalou ontem 488 anos de vida mas foi outra instituição de solidariedade a ‘rainha do dia’, quando o presidente do secretariado regional da União das Misericórdias desafiou as entidades oficiais a reabilitarem a Misericórdia do Porto Santo, que está desactivada. “No Porto Santo as IPSS são muito poucas, por isso peço às entidades oficiais empenho para que recuperemos aquela instituição, cujo património, inclusivamente imobiliário, que está a ser utilizado por terceiros”, salientou Jorge Spínola.

O presidente do Governo Regional considerou uma “boa ideia” a reabilitação da Misericórdia da Ilha Dourada, antes de sublinhar o papel da instituição aniversariante. “É quase unânime na opinião pública madeirense que esta é uma das melhores instituições da Região de solidariedade social. Tem uma reputação singular”, elogiou Miguel Albuquerque, fazendo questão de “agradecer a todos aqueles que têm contribuído ao longo do anos para o engrandecimento da instituição”, bem como a “todos aqueles que têm trabalhado de forma empenhada, e profissional e determinada para que isso aconteça”.

Antes a provedora da Santa Casa da Misericórdia de Machico, que falou com “emoção”, “agradeceu aos funcionários que permitem continuar a fazer um bom trabalho, às entidades oficiais e autarquias pela colaboração, e às pessoas solidárias que acreditam no projecto”. “Somos uma irmandade”, resumiu Nélia Martins

Por sua vez, o presidente da edilidade local prometeu “efectivar oportunamente o protocolo de colaboração financeira entre a Santa Casa e a Câmara Municipal de Machico”.

Outras Notícias