É hora de marcar aos espanhóis!

Ronaldo nunca fez golos à selecção ‘vizinha’. À quinta será de vez?

14 Jun 2018 / 02:00 H.

A Espanha é o primeiro adversário de Portugal no Mundial e Cristiano Ronaldo prepara-se para defrontar ‘nuestros hermanos’ pela quinta vez. O madeirense procura marcar o primeiro golo em duelos ibéricos, uma vez que ficou em branco nos encontros anteriores. Este é mais um motivo de interesse e de reforço motivacional para o madeirense.

Nas quatro vezes que Cristiano Ronaldo defrontou a selecção espanhola, Portugal venceu duas e perdeu outras tantas, entre jogos de carácter oficial e um particular. O jogo de amanhã não deixa de ter um significado especial para o internacional português. A jogar em Espanha desde 2009, umas vezes aplaudido, outras nem por isso, CR7 ganhou o lugar de lenda naquele que é, considerado por muitos, como o melhor campeonato do planeta, rivalizando com o inglês.

A primeira vez que Ronaldo encontrou a Espanha foi no Euro’2004, jogo que a selecção lusa venceu, por 1-0, garantindo passagem aos quartos-de-final. No Estádio de Alvalade, Nuno Gomes apontou o golo que valeu preciosíssimo triunfo a Portugal. Cristiano Ronaldo foi aposta de Luiz Felipe Scolari para o ‘onze’, tendo cedido o lugar a Fernando Couto, aos 85 minutos, quando Portugal já vencia. Nessa noite de 20 de Junho de 2004, Ronaldo não conseguiu bater Iker Casillas.

Seis anos depois, no Mundial da África do Sul, a sorte sorriu a Espanha. Nos oitavos-de-final, o golo de David Villa foi suficiente para assegurar passagem à ronda seguinte. ‘La Roja’ viria a conquistar o título. Nessa altura Ronaldo tinha acabado de cumprir a primeira época no Real. Já com a braçadeira de capitão, o madeirense voltou a não conseguir bater Iker Casillas, então colega no balneário ‘merengue’.

A 17 de Novembro de 2010, num jogo particular, Portugal bateu a Espanha por expressivos 4-0, goleada sem a marca de Cristiano Ronaldo. Mas o madeirense até fez esticar as redes adversárias, naquele que seria um golo de belíssimo efeito. Só que foi anulado, uma vez que Nani, em posição irregular, acabaria por tocar na bola antes de entrar na baliza de Casillas. Os golos portugueses, no Estádio da Luz, foram de Carlos Martins, Hélder Postiga (2) e Hugo Almeida. CR7 saiu ao intervalo, cedendo o lugar a Danny.

O último duelo ibérico foi no Euro’2012, com desfecho favorável a ‘La Roja’. O jogo terminou 0-0 e nem o prolongamento ditou o vencedor. A decisão seguiu para o desempate nas grandes penalidades e aí os espanhóis foram mais eficazes. Na ocasião, Cristiano Ronaldo assumiu a decisão de marcar o quinto penálti, mas os espanhóis garantiram o triunfo antes disso e o madeirense já não foi chamado à marca dos 11 metros. “Que injustiça, que injustiça”, exclamou Ronaldo, assim que Fabregas colocou a Espanha na final. ‘La Roja’ também conquistou esse Campeonato da Europa.

Amanhã Portugal e Espanha defrontam-se novamente no grande palco do Campeonato do Mundo e CR7 vai tentar marcar o seu primeiro golo diante desta selecção, agora com De Gea na baliza.

Outras Notícias