Duarte Carvalho fecha época em terceiro

Um problema no monolugar do piloto impediu de lutar pelo primeiro posto

14 Nov 2017 / 02:00 H.

Duarte Carvalho fechou a temporada no terceiro lugar na Fórmula Zetec e ficou em segundo entre os rookies depois de superar um fim-de-semana muito difícil e que foi mais um passo importante no seu processo de aprendizagem. O piloto madeirense, que se estreou nos automóveis depois de ter feito a escola do karting, poderia ter ficado em primeiro lugar não fosse um problema técnico ainda antes do arranque para a primeira corrida que complicou tudo.

O piloto ainda procurou recuperar e, no segundo confronto, fez uma exibição considerada pela crítica como sendo de luxo. Carvalho colocou pedal ao fundo subindo de último a terceiro, uma ‘cavalgada’ que segundo a própria equipa, soube a triunfo. Mesmo sem forma de conquistar a vitória entre os estreantes acaba a primeira época nos automóveis com o terceiro lugar na competição, o que resulta por ser muito favorável e que supera as melhores expectativas.

Seja como for, ainda com o ‘travo amargo’ do problema registado no seu monolugar, o madeirense confidenciava: “Na primeira corrida não consegui entrar na formação da grelha. É frustrante, mas as corridas são mesmo assim. Tudo pode acontecer. Na segunda, conseguimos fazer uma grande corrida. Parti do 18º e último lugar e acabei em terceiro da FZ”.

Prosseguindo: “Infelizmente não garanti a vitória entre os rookies porque não pontuei na primeira corrida. À geral, ser terceiro na estreia, sem conhecer os circuitos, com poucas sessões de treinos e adversários mais experientes, é muito bom”, declarou no final da prova, aproveitando para agradecer à CRM Motorport pelo apoio ao longo da época, “em especial a todo o staff e ao Tiago Raposo Magalhães. Também agradeço aos meus pais porque sem eles nada disto tinha sido possível”, afirmou Duarte Carvalho.