Direcção da ADRAMA eleita para mais três anos com foco nas pessoas

Henrique Silva, eleito para o terceiro mandato, já definiu projectos

22 Abr 2017 / 02:00 H.

    Os novos órgãos sociais da Associação para o Desenvolvimento da Região Autónoma da Madeira (ADRAMA) foram eleitos ontem, num processo eleitoral consensual, uma vez que tratou-se da recondução dos membros, com uma votação superior a 80%.

    Assim, eleito para o terceiro mandato na ADRAMA, Henrique Silva, presidente da Casa do Povo do Porto Moniz, uma das 14 casas do povo dos seis concelhos associados (juntamente com São Vicente, Santana Calheta, Ponta do Sol e Ribeira Brava), salientou que o foco da acção dos próximos três anos (2017-2020) vai ser ainda mais direccionado par as pessoas, nomeadamente as crianças, os jovens e os idosos.

    Num mandato que acredita será de “maior responsabilidade”, pretendem dar seguimento à apresentação de iniciativas candidatas aos dois projectos comunitários que estão sob sua ‘tutela’, o PRODERAM e o ‘Leader +’, uma vez que tendo em conta a experiência acumulada nos quatro quadros de apoio, pretendem avançar com a abertura de novos concursos. Fixados na problemática da desertificação, pretendem fixar mais os jovens, mas não deixar de assegurar aos idosos todo o apoio, sobretudo os que vivem sozinhos.