Dinarte Nóbrega totalista e campeão

17 Set 2017 / 02:00 H.

Dinarte Nóbrega sagrou-se ontem campeão do Troféu Regional de Rampas AMAK 2017, ao alcançar a vitória na Rampa da Santa – Ilha Pneu, prova disputada no Concelho do Porto Moniz, mais precisamente na estrada que liga a Vila do Porto Moniz e o sítio da Santa.

Para além da vitória de ontem, Dinarte já havia vencido as anteriores quatro provas da época, o que fazem de si totalista em número de vitórias nesta competição. Com 100% de eficácia e com cinco vitórias alcançadas, o resultado máximo possível no Troféu, pois em sete provas só contam as cinco melhores pontuações, o piloto do Semog Evo, assegurou já o cetro, quando faltam disputar ainda duas provas. Um título merecido por um piloto que exerceu um domínio avassalador durante esta época e apesar de as provas não terem sido sempre isentas de problemas e ontem também surgiram alguns, foi sempre o mais rápido ao longo da época. O “crono” mais rápido que ditou o título foi de 3:07,5 minutos, alcançado logo na primeira subida oficial.

Por motivos pessoais, o Campeão não estará presente na próxima prova, a Rampa de Santa Cruz a 7 de Outubro.

O segundo posto ficou nas mãos de Miguel Sousa que somou no Porto Moniz o seu segundo pódio consecutivo, apesar de esta ser apenas a sua segunda prova da época. O piloto tem demonstrado que, ao volante do seu novo Kartcross é um piloto a ter em conta e que a ter continuação, a evolução poderá faze-lo aspirar a voos mais altos, quem sabe já na próxima prova.

Concluiu o pódio um piloto habituado a subir aqueles degraus esta época, Ricardo Reis. O piloto do Santo da Serra, desta feita não consegui superar Miguel Sousa, pois teve alguns problemas de afinação no seu Kartcross e não dispôs de assistência. Na última subida quando tinha a sua máquina melhor, acabou por cair numa levada e furar já com a meta à vista.

O piloto local Nelson Andrade foi muito rápido ao longo do dia e garantiu um “crono” que lhe assegurou a quarta posição, seguido por Greg Faria, que na última subida conseguiu destronar Pedro Paixão do quinto lugar, assegurando um Top 5 totalmente composto por viaturas kartcross.

Pedro Paixão foi o melhor entre os ‘consagrados’ e levou a sexta posição para casa, seguido por Sérgio Jesus e pelo sempre espetacular Cláudio Nóbrega que, juntamente com a sua equipa fizeram um excelente trabalho para por o seu Datsun pronto para esta época. Evolução muito positiva para Paulo Domingos, que terminou no nono posto e venceu os 4RM, levando a melhor sobre Pedro Faria, que fechou o Top 10, na última subida.

Destaque ainda para a bela luta entre os Yaris, cuja vitória arrancada a ferros ficou nas mãos de Bruno Coelho, na última subida, levando a melhor sobre Bruno Rodrigues por quatro décimas de segundo.

Quanto aos Históricos, a vitória foi assegurada por Roberto Abreu.

Outras Notícias