Só com talento, trabalho e dedicação se chega a n.º 1

Cristiano Ronaldo partilhou nas redes sociais a fórmula do sucesso

27 Out 2017 / 02:00 H.

Cristiano Ronaldo foi dispensado por Zinedine Zidane do jogo de ontem, com o Fuenlabrada, da primeira mão da quarta eliminatória da Taça do Rei, mas nem por isso deixou de trabalhar.

Em casa, no ginásio particular, o futebolista madeirense partilhou uma fotografia nas redes sociais, dando conta que quem quer chegar e estar no topo não pode ‘amolecer’.

“Ensinando aos meus dois filhos que com talento, trabalho e dedicação é a única forma de chegar a número 1”, escreveu Cristiano Ronaldo na legenda da fotografia que partilhou, na qual surgem o filho mais velho, Cristianinho, de sete anos, com o irmão Mateo, de quatro meses, ao colo, a verem o pai a fazer exercício.

Com efeito, o internacional português continua a ser um ‘workaholic’, uma designação em inglês que significa alguém viciado em trabalho; um trabalhador compulsivo e dependente do trabalho.

Cristiano Ronaldo é, de facto, um exemplo da vontade e determinação de chegar longe. E aos 32 anos mantém a mesma ambição de sempre, traduzida nas palavras que proferiu após vencer o quinto troféu ‘The Best’, na cerimónia que aconteceu na última segunda-feira, em Londres. “Quero terminar a carreira com sete troféus. É o meu número da sorte. Este é um momento inesquecível e isso motiva-me a querer manter este nível alto”, explicou.

Lado solidário de CR7

Para além da ambição desportiva, Cristiano Ronaldo tem, também, se notabilizado pelo seu lado humano, ainda que prefira o anonimato neste tipo de acções.

Recentemente, foi mencionado que o internacional português deu uma contribuição financeira importante para ajudar as vítimas dos incêndios em Portugal.

Já no México tem sido dado grande ênfase e destaque ao facto de CR7 se ter encontrado com a família de Santiago Flores, um menino de seis anos que tinha Ronaldo como ídolo e que desejava conhecê-lo mas que faleceu no sismo que abalou o México.

Os pais e o irmão de Santigo estiveram com CR7 no Estádio Santiago Bernabéu e no final a mãe do jovem disse: “O meu filho está feliz... aonde está, está feliz.”.

Recorde-se que na semana seguinte aos acontecimentos no México, Cristiano Ronaldo já havia enviado aos familiares uma camisa autografada, com uma dedicatória: ‘Para o meu fã número 1, Santiago’.

Outras Notícias