João Egídio leva Festa da Flor à África do Sul

A província de Free State acolhe nova festa da flor nos dias 24 e 25 de Novembro

10 Nov 2017 / 02:00 H.

A Madeira volta a organizar uma nova Festa da Flor em Free State, uma das nove províncias da África do Sul, à semelhança do que aconteceu com sucesso em 2016. A II edição do ‘Free State Madeira Flower Festival’ acontece nos dias 24 e 25 de Novembro na cidade de Parys e pretende recriar a magia da festa da flor através de diversas activdades que incluem um colóquio sobre flores, a construção de cinco tapetes florais e um baile da Flor. A maior atracção está concentrada no cortejo alegórico do dia 25, que está a ser preparado sob a orientação do madeirense João Egídio, pessoa ligada a diversos cortejos há já várias décadas, tendo sido o responsável pelo sucesso desta primeira edição, em Novembro de 2016.

O trabalho de João Egídio está focado na decoração dos cinco carros alegóricos que serão inspirados nas “cinco principais rotas turísticas do Free State: Leão, Puma, Pinguim, Águia e Enguia”, com as cores vermelho, laranja, amarelo, verde e azul.

João Egídio parte amanhã para Parys na companhia de um carpinteiro e de alguns metalúrgicos, dando início a um trabalho exaustivo e de muita responsabilidade que será depois complementado com a sua equipa decorativa que parte da Madeira oito dias depois, para se juntar aos cerca de 20 colaboradores sul-africanos.

Flores de excelente qualidade

Neste momento é quase Verão na África do Sul, a melhor época para as flores. Segundo João Egídio, este é um país muito rico na produção de flores, apresentando uma grande variedade de excelente qualidade. “Todas as nossas flores mais emblemáticas são oriundas da África do Sul e fartura não lhes falta, com qualidade e variedade”, diz João Egídio, que, por esta razão, não leva nada da Madeira.

Para ter um exemplo da dimensão deste negócio na África do Sul, “o mercado abastecedor de Joanesburgo fornece num só dia o que a Madeira produz num ano”, refere, entusiasmado com mais este desafio profissional.

Apesar do trabalho árduo e exaustivo, é com prazer que João Egídio leva o seu talento e o nome da Madeira lá fora. “Compensa ver a alegria dos milhares de madeirenses que vêm de todo o país, em especial de Joanesburgo e este ano espero fazer ainda melhor”.

Outras Notícias