“Derrota não altera o nosso caminho”

Diogo Coelho quer resposta imediata e já pensa no triunfo diante do Sp. Covilhã

07 Fev 2018 / 02:00 H.

A derrota em Famalicão colocou um travão na longa série de bons resultados do Nacional, mas o grupo já só pensa na resposta. Esta foi a garantia dada ontem por Diogo Coelho, garantindo que o último resultado não vai desviar a equipa alvinegra do caminho traçado. Reconhece que a paragem de duas semanas, fruto do adiamento do jogo com a UD Oliveirense, não foi benéfica para o Nacional, mas também lembra que a sua equipa merecia melhor na visita a Famalicão: “O rendimento não foi assim tão mau no jogo para justificar a derrota [2-3]. É verdade que já fizemos jogos melhores, mas este não foi assim tão mau”.

O central madeirense sublinha a ambição do grupo, tendo em vista o objectivo da época e que passa pelo regresso ao escalão principal do futebol português. Por isso, garante que o desaire diante do Famalicão não altera o caminho definido pelo Nacional: “Sabemos bem o que queremos, o nosso objectivo e conhecemos a nossa capacidade enquanto equipa. Esta derrota em nada vai alterar esse aspecto e queremos responder já no próximo jogo”.

No domingo Diogo Coelho vai reencontrar uma equipa que representou em 2014/2015, então cedido pelo Nacional. Reconhece valor ao adversário, mas também lembra os argumentos dos alvinegros: “Vamos ter pela frente uma equipa competitiva, que sofre poucos golos, julgo que tem mesmo a melhor defesa do campeonato. Eles têm as armas deles e nós temos as nossas. Vamos procurar, de todas as maneiras possíveis, alcançar a vitória, que é aquilo que nos interessa”.

Diogo Coelho também mostra satisfação pelo apoio no Estádio da Madeira. Nota mais público e considera que tal facto tem ajudado a equipa. Por isso espera ver as bancadas bem compostas, este domingo, frente ao Sp. Covilhã: “Temos sentido mais apoio dos adeptos. O nosso rendimento melhorou e os adeptos têm um papel importante nesse aspecto”.

Sócios têm direito
a bilhete extra

Como habitualmente acontece, os sócios do Nacional, com as quotas em dia, têm direito a um bilhete extra para o jogo com o Sp. Covilhã. O ingresso pode ser levantado na sede do clube [Rua do Esmeraldo, no Funchal], até sexta feira, entre as 10 e as 12h30, e das 14 às 18 horas. O Nacional-Sp. Covilhã, da 24.ª jornada da II Liga, é este domingo, a partir das 15 horas, no Estádio da Madeira.

Outras Notícias