De volta a casa pela porta grande

As obras de restauração estão prontas e Maria Fernandes voltou a casa

05 Fev 2018 / 02:00 H.

Depois da tempestade, eis que se abriu uma cortina de fumo em sinal de bonança. Valeu o tempo de espera, que não foi pouco, para que algumas famílias pudessem voltar aos lares que, com as chamas, se tornaram inabitáveis, pondo fim a todo um processo burocrático e moroso.

Hugo Ferreira viveu de perto o drama dos incêndios. No dia em que as chamas se abateram sobre a baixa do Funchal,...

Outras Notícias