‘Dar a Ver’ regressa com visita guiada à Sé

Iniciativa com entrada livre decorre a 23 de Setembro, a partir das 14h30

17 Set 2017 / 02:00 H.

Depois de uma paragem de cerca de um mês e meio, o projecto Dar a Ver, iniciativa da responsabilidade da Direcção Regional da Cultura através da Direcção de Serviços de Museus e Património Cultural, regressa no próximo dia 23 de Setembro, a partir das 14h30, com uma visita guiada à Sé do Funchal.

A visita, que decorrerá sob o tema ‘Sé do Funchal, o Manuelino Atlântico’ será orientada pelo Director de Serviços de Museus e Património Cultural, Francisco Clode de Sousa.

Esta iniciativa integrada na programação de 2017 do ‘Dar a Ver’ pretende revelar a importância do desenvolvimento da coroa portuguesa na construção da Sé e na criação de um ideário representativo da expansão territorial portuguesa.

Será assim abordada a história daquele que é um dos mais emblemáticos monumentos regionais e nacionais, numa visita guiada que, como habitualmente, é de acesso gratuito a todos os interessados.

O projecto ‘Dar a Ver’, iniciado em 2016, tem por base a ideia da divulgação do património artístico existente na Região, já que, para além dos trabalhos de investigação, classificação e conservação e restauro, é ainda essencial proceder-se à divulgação e ao conhecimento de um vasto e diversificado conjunto de bens móveis e imóveis postos à guarda de todos os madeirenses, e que constituem uma essencial reserva de identidade cultural.

Ao longo do ano têm sido convidados um conjunto de especialistas, locais e nacionais, que abordam de forma mais específica ou generalista aspectos dessa imensa diversidade cultural conservada in situ, ou já transitada para museus. O essencial do programa deste projecto é constituído por visitas guiadas e por conferências a realizar em vários locais.

Associação às Jornadas Europeias do Património

A visita organizada no âmbito do ‘Dar a Ver’ é também a forma da Direcção Regional da Cultura (Direcção de Serviços de Museus e Património Cultural), se associar às comemorações das Jornadas Europeias do Património (JEP) que irão decorrer entre os dias 22 a 24 de Setembro em todo o país, numa organização da Direcção Geral do Património Cultural, este ano sob o tema ‘Património e Natureza’.

Também a visita guiada à Igreja e Convento de Santa Clara, marcada para o dia 30 do corrente mês, está também associada aquelas comemorações de âmbito nacional.

Mas esta não será a única actividade da DRC neste âmbito. Do programa da DGPC faz também parte uma iniciativa do Museu Etnográfico da Madeira, sob o título ‘Mini-hídricas, inspiradas na roda motriz do engenho de moer cana-de-açúcar’, que se realiza a partir das 11 horas do dia 22 de Setembro. Trata-se de uma visita orientada ao engenho de moer cana-de-açúcar, sediado no edifício onde se encontra instalado o Museu Etnográfico da Madeira, para introduzir os visitantes à apresentação do projecto ‘Mini-Hídricas nas Levadas da Madeira’, cujos autores se inspiraram na sua roda motriz.

Trata-se de um projecto desenvolvido pela Escola Básica e Secundária Padre Manuel Álvares, em parceria com o Museu Etnográfico da Madeira e o Museu da Electricidade – Casa da Luz.

Outras Notícias