CR7 não quer alarido na sua apresentação

O ‘astro’ madeirense deverá ser apresentado esta segunda-feira.

14 Jul 2018 / 02:00 H.

Dizem que todos os caminhos vão dar a Roma, mas neste caso, na segunda-feira, é a Turim que muita gente vai ‘bater’. Cristiano Ronaldo chega à cidade italiana no início da próxima semana para realizar os habituais exames médicos e ser apresentado... de forma discreta.

Quem o diz é o programa de televisão espanhol ‘El Chiringuito de Jugones’, que assegura ter informações de que CR7 recusou a ideia de uma grande recepção por respeito aos adeptos merengues.

Como não se despediu dos ‘blancos’ em pessoa, no Santiago Bernabéu, o ‘astro’ madeirense não considera justo que apenas uns dias depois se apresente como uma estrela numa grande festa, envergando a camisola doutro clube.

Recorde-se que na quinta-feira a imprensa italiana dava conta de que era o clube que não queria uma apresentação galáctica devido à contestação dos trabalhadores da FIAT, mas também pelo custo da logística que comporta um evento desta magnitude.

Marcelo pode estar a caminho

Depois da mensagem pública e emocionante de Marcelo dirigida a Cristiano Ronaldo, eis que o lateral-esquerdo pode estar de malas aviadas para Turim. O matutino ‘Corriero della Sera’ noticia na edição desta sexta-feira que a chegada de Cristiano Ronaldo à Juventus abre as portas ao grande amigo de CR7, que ontem se tornou um novo seguidor no Instagram da Juventus. A publicação italiana encara esse sinal como uma pista, acrescentando que “a Juventus, por enquanto, não se preocupa em negar algum interesse pelo brasileiro” de 30 anos.

Para que a ‘Vecchia Signora’ contrate o canhoto terá de despender uma verba entre os 40 e os 60 milhões de euros, muito abaixo da cláusula de rescisão do canarinho, fixada em 180 milhões de euros.

A ida de Marcelo para Turim ganha ainda mais força por estes dias visto que Alex Sandro, dono e senhor da ala esquerda ‘bianconera’, poderá estar de saída.

54 milhões em t-shirts

Custou 117 milhões à Juventus, mas o investimento está já a ter um retorno massivo, tudo porque desde que foi feita a oficialização da transferência, há quatro dias, a ‘Juve’ já vendeu 520 mil camisolas do internacional português. Tendo em conta que cada uma custa, pelo menos, 104 euros, tal significa que a ‘Vecchia Signora’ já facturou cerca de 54 milhões de euros, ou seja, praticamente metade do preço a que Ronaldo foi adquirido.