Clausulas do Contrato Colectivo de Trabalho da Hotelaria actualizadas

14 Jul 2018 / 02:00 H.

    O Sindicato da Hotelaria da Madeira reuniu, ontem, os delegados e dirigentes sindicais para os informar das recentes alterações ao clausulado do Contrato Colectivo de Trabalho (CCT) do sector.

    Em Dezembro do ano passado, foi assinado o novo CCT e acordado que a actualização do clausulado aconteceria com mais calma, num momento posterior. Foi o que aconteceu.

    Nesse trabalho, foram extintas algumas categorias, actualizadas outras e outras ainda foram criadas. Por exemplo, existia o técnico de Relações Públicas na recepção, o que não correspondia a funções actuais. Foi acordado criar o ‘Técnico de acolhimento’. Nos SPA, foram cridas as categorias de fisioterapeutas, terapeutas de bem-estar e técnicos de recepção.

    O advogado Marco Gonçalves considera que seria desejável ter ido mais longe, o que não foi possível porque a “ACIF não aceitou ir”.

    No encontro de ontem, o mesmo advogado explicou as alterações que estão a ser introduzidas no Código de Trabalho (14ª revisão) que, ano contrário do que parece, não são benéficas para os trabalhadores, nem para acabar com a precariedade. É bom, sim, para a estatística.

    A Direcção do Sindicato também interveio para lançar um campanha de sensibilização e organização interna no sentido de cativar novos associados. E. P.

    Outras Notícias