As empresas italianas são dos principais (13%) investidores, segundo a SDM

14 Out 2017 / 02:00 H.

O Centro Internacional de Negócios da Madeira (CINM) irá ser promovido em quatro cidades italianas, a partir da próxima segunda-feira e durante cinco dias, no âmbito de mais uma missão promocional dinamizada pela SDM.

Assim, em nota divulgada no seu site, entre os dias 16 e 20 de Outubro, a concessionária promoverá quatro conferências, respectivamente em Milão, Verona, Bolonha e Roma, que estão a ser organizadas pelo representante da SDM no mercado italiano, o professor Roberto di Nunzio, em parceria com a Ordem dos Revisores e Técnicos Oficiais de Contas das respectivas cidades.

A exemplo de várias iniciativas da SDM nos mercados internacionais, estes eventos contarão com a participação do delegado da AICEP para o respectivo mercado e, no caso particular de Milão, com o apoio e colaboração do Embaixador de Portugal em Itália, Francisco Ribeiro Teles.

A concessionária do CINM será representada por Roy Garibaldi, membro da Comissão Executiva da SDM, que intervirá como orador nas conferências, sendo acompanhado na missão promocional por sociedades de management que cá operam.

Itália é dos mercados mais dinâmicos no ranking dos que geram investimento para o CINM e para a Madeira, designadamente nos sectores relacionados com os Serviços Internacionais e com o Registo Internacional de Navios da Madeira (MAR). De acordo com os últimos dados disponíveis, acrescenta o texto, “no âmbito dos Serviços Internacionais, Itália é responsável por cerca de 13% das empresas a operar enquanto que no MAR constitui o terceiro maior mercado, com 23 navios registados”.

Aliás, acrescenta, “o interesse demonstrado pelos investidores italianos tem justificado o investimento da SDM neste mercado, como ficou patente, por exemplo, numa conferência que se realizou em Lisboa este ano, na Embaixada de Itália, cujos temas principais foram ‘O CINM como instrumento para a internacionalização das empresas europeias’ e as ‘Vantagens fiscais relevantes para as empresas e os investidores italianos a operar e a residir em Portugal’”.

Até ao final do ano, as missões promocionais do CINM levam a deslocações a outros mercados, entre eles o Luxemburgo, a França, a Espanha e o Médio Oriente.

Outras Notícias