CD Nacional distinguiu melhores de ralis e rampas

Dinarte Nóbrega (pilotos) e Alípio dias (navegadores) venceram à geral dos troféus CDN

30 Dez 2017 / 02:00 H.

Os melhores classificados dos Troféus do Clube Desportivo Nacional 2017, em ralis e rampas, foram distinguidos ontem pela secção de desportos motorizados da colectividade, numa cerimónia realizada no Restaurante Alfredo, no Estádio da Madeira.

Estes prémios distinguiram os pilotos e navegadores que melhores resultados obtiveram no somatório das sete provas - ralis e rampas - organizadas pelo Nacional no ano que agora finda.

Nos pilotos, a vitória absoluta foi alcançada por Dinarte Nóbrega, que também ganhou nos protótipos, seguido por Ricardo Reis (2.º) e Alexandre Camacho (3.º), ao passo que nos navegadores venceu Alípio Nóbrega, à frente de Nuno Rodrigues e Duarte Miranda.

Em viaturas clássicas, José Gualberto Dias foi o vencedor, enquanto nos navegadores o troféu foi para Paulo Barros. Já nos VSH, venceu a dupla Cláudio Nóbrega e Alípio Nóbrega. Na regularidade histórica, a vitória foi para a equipa Roberto Freitas e Tânia Freitas.

Os troféus monomarca também foram distinguidos com prémios pilotos e navegadores, com destaque naturalmente para os vencedores, a saber: Ricardo Gonçalves e Artur França (Citroën C2); Ricardo Freitas e Carla Freitas (Fiat Cinquecento); Sancho Silva e Amaro Cró (Volkswagen); Cláudio Nóbrega e Alípio Nóbrega (Datsun); Vasco Silva e Ricardo Ventura (Mitsubishi); Gil Freitas e Duarte Miranda (Viaturas da Classe R5); Pedro Faria e Nuno Rodrigues (Citroën Saxo); Joel Correia (Opel Corsa); Alberto Abreu e Vítor Henriques (Toyota Starlet); Ilídio Sardinha e Énio Andrade (Toyota Yaris).

O prémio Fair-play foi atribuído à agente da PSP Fátima Arraiol, tendo ainda sido prestada homenagem ao jovem piloto de karting, Martim Menezes.