Casas de emigrantes assaltadas em Santana

18 Mai 2018 / 02:00 H.

Pelo menos três casas de emigrantes foram recentemente assaltadas no concelho de Santana. A situação está a deixar alguns moradores apreensivos, com medo de perder “o trabalho de uma vida”.

Um dos últimos furtos ocorreu há cerca de uma semana, no sítio do Pinheiro. Os ladrões entraram nesta habitação através do arrombamento de uma porta e furtaram diversos electrodomésticos, um televisor, um esquentador e várias garrafas, num valor que não foi possível precisar.

Segundo o DIÁRIO apurou junto da vizinhança, o furto terá sido perpetrado durante a noite, a poucos dias da chegada da dona da casa à Região. Quando a proprietária da habitação chegou à Madeira, deparou-se com a casa remexida, dando por falta dos seus pertences.

Nesse momento, contactou a Polícia de Segurança Pública (PSP), que se deslocou ao local e tomou conta da ocorrência. Os agentes policiais estiveram a recolher elementos necessários para a investigação, nomeadamente a existência de impressões digitais que ajudem a identificar os autores do crime.

Além desta, outras duas casas de emigrantes foram assaltadas no sítio Pico António Fernandes.

O caso está a causar alarme nalguns residentes, que desconfiam tratar-se de alguém que tem a zona “muito bem estudada pois atacam as casas que estão vazias”. Por este motivo, pedem à Polícia local para estar atenta a estes crimes.

Outras Notícias