Cantor internacional Tony T no cartaz da MTV Porto Santo Beach Party’18

O DJ Rui da Silva também integra o festival que decorre de 9 a 14 de Agosto

09 Mar 2018 / 02:00 H.

São duas novas confirmações de um festival que promete trazer ao Porto Santo grandes artistas entre os dias 9 e 14 de Agosto. Depois de termos anunciado que a MTV Porto Santo Beach Party’18 vai trazer o DJ e produtor Mastiksoul - rei das cabinas de som com o seu groove africano -, eis que surgem dois outros nomes para engrossar o cartaz deste evento que se realiza não só no espaço interior do Porto Santo Beach Club, mas também na zona exterior, conferindo maior amplitude a uma festa que se pretende que seja de praia, como as grandes produções de Ibiza.

Organizada pelo Grupo do Café do Teatro, a MTV Porto Santo Beach Party’18 irá contar então com a actuação do cantor internacional Tony T (Neal Antone Dyer), artista natural de Inglaterra e com origens jamaicanas, que foi o homem-forte de emblemáticos projectos de música de dança como é o caso dos mediáticos R.I.O., que o projectou para a fama mundial.

Tony T, que já foi o cabeça-de-cartaz da festa ‘Réveillon Noite de Estrelas’, em 2016, precisamente no Café do Teatro, regressa agora à Região pela mão do mesmo grupo empresarial mas para estrear-se na ‘ilha dourada’, numa das noites temáticas da MTV Porto Santo Beach Party’18, conforme explica Dário Silva.

“O Tony T vem actuar à MTV Porto Santo Beach Party’18 numa noite dedicada às músicas dos anos 80 e 90, uma noite mais vintage”, diz Dário Silva.

Tony T, que curiosamente começou muito cedo na música como DJ, em Brooklyn, mudou-se anos mais tarde para Alemanha, isto em 1985, onde chegou a trabalhar também como DJ. Mas foi como cantor que se destacou, nos R.I.O., com Yann Pfeifer e Manuel Reuter (DJ Manian), registando uma série de êxitos como ‘Shine On’, ‘Like I Love You’, ‘Miss Sunshine’ e ‘Turn This Club Around’, entre outros temas.

Além de Tony T, a MTV Porto Santo Beach Party’18 contará também com um outro nome conhecido, desta feita no panorama nacional, mas com projecção além-fronteiras. Trata-se do DJ Rui da Silva, criador da primeira editora de música electrónica em Portugal, a Kaos, nos primeiros anos da década de 90. A meias com o conhecido DJ Vibe criou um dos maiores nomes de sempre na música electrónica nacional: os Underground Sound of Lisbon (USL).

Rui da Silva, que em 1998 emigrou para Londres para dar seguimento à sua carreira como DJ e produtor, actualmente continua o seu percurso pelo house, numa Londres em que é um dos nomes portugueses de referência.

De resto, a estratégia do Grupo do Café do Teatro continua a ser uma: fechar e anunciar os nomes do cartaz do MTV Porto Santo Beach Party’18 o mais rapidamente possível, para que as pessoas possam marcar as suas férias para a ilha dourada com a certeza que vão ter muitas e boas razões para se divertirem em Agosto.

Em breve haverá mais novidades sobre a MTV Porto Santo Beach Party’18, que quer voltar a colocar a ilha dourada no centro das atenções em Agosto.

Outras Notícias