Burlão vai preso por simular venda de carro

13 Out 2018 / 02:00 H.

Miguel Abreu, um madeirense de 30 anos que conseguiu extorquir 786 euros a um advogado com um falso anúncio para a venda de um Renault Captur, foi condenado a seis meses de prisão efectiva pela prática do crime de burla. A decisão foi tomada no Juízo Local Criminal do Funchal na quarta-feira da semana passada. Conforme o DIÁRIO noticiou na edição de 15 de Agosto, em Março do ano...

Outras Notícias