Bruno Silva e Francisco Henriques conquistam prata no Louzan 1000

Lousã /
14 Mar 2018 / 02:00 H.

A Madeira marcou presença na primeira prova de 2018 da Taça de Portugal de trail running destinada à disciplina de Km Vertical, que teve lugar na Lousã.

Bruno Silva, Francisco Henriques, ambos atletas do GD Estreito e ainda Jorge Louro (Clube Naval de São Vicente) formaram o trio insular que levou de assalto a dura prova Louzan 1000, que contou com mais de duas centenas de atletas. Bruno Silva viria a ser a grande figura madeirense ao sagrar-se vice-campeão da competição, depois de completar os sete quilómetros de percurso, com 1.050 metros de desnível positivo, com o tempo de 49.43, 227 minutos, menos 1,01 minuto do vencedor, Guilherme Lourenço (CRP Ribafria).

Quanto a Francisco Henriques, concluiu a mítica subida ao Alto de Trevim, na serra da Lousã no 36.º lugar, com um registo de 1:02.29,940 horas que lhe permitiu ainda conquistar a medalha de prata no escalão juvenil. Já o vencedor da categoria viria a ser Diogo Gomes (Abutres Trail Running School), com a marca de 51.03,327 minutos que permitiu ainda conquistar o últmo lugar do pódio em termos absolutos.

Finalmente Jorge Louro (CNSV) teve uma prestação positiva onde veio a terminar na 41.ª posição, com o tempo de 1:02.45,377 horas, tendo ainda alcançado o 18.º posto no escalão sénior.

De referir que a Taça de Portugal - Vertical 2018 conta com um total de oito provas, com destaque para cinco provas a serem realizadas na Madeira, nomeadamente Tabua Vertical KM (13 de Maio), Santana Vertical KM (1 Junho), Madeira Skyspeed/Calheta (15 de Julho), KM Vertical do Fanal (9 de Setembro) e Costa Norte Vertical/São Vicente (30 de Setembro).

Outras Notícias