Bruno Ramires reforça Marítimo

o médio brasileiro vem cedido pelo cruzeiro por 3 anos e jogou
no moreirense

14 Jun 2018 / 02:00 H.

Bruno Ramires é o primeiro reforço conhecido para o plantel do Marítimo que, na temporada de 2018/19, será orientado por Cláudio Fonseca.

Trata-se de um médio centro, de características ofensivas e que, na presente temporada, representou o Moreirense emprestado pelo Cruzeiro de Belo Horizonte. É nesta condição que chega agora ao Marítimo, mas com um contrato válido para as próximas três temporadas, no âmbito do protocolo estabelecido entre as duas colectividades.

Bruno Edgar Silva Almeida, de seu nome, iniciou-se para o futebol no Bahia e depois no Cruzeiro. Em 2016 participou em 21 jogos pelo clube da raposa, acabando cedido, em 2017, ao Esporte Vitória Clube, clube da Bahia e que disputa o Brasileirão. Pelo Vitória disputou 15 jogos e obteve um golo.

Nesta época saiu do Brasil para o futebol português, para jogar no Moreirense, na altura treinado por Manuel Machado e mais tarde por Sérgio Vieira, mas com a entrada de Petit perdeu espaço na formação de Moreira de Cónegos. Fez 17 jogos na Liga, mais dois na Taça de Portugal e um na Taça da Liga. Agora vem tentar a sua sorte no Marítimo.

Mais três chegadas pelo menos

De acordo com Carlos Pereira, o Marítimo tem praticamente delineada a nova temporada no que concerne a contratações, tendo apontado quatro reforços assegurados. Falta saber se Bruno Ramires entra nesse lote anteriormente anunciado ou se se trata de uma contratação para além dos previstos previamente pela SAD maritimista.

De resto, do plantel que transita desta temporada (20 jogadores depois do anuncio da saída de Diney para o Estoril, a titulo de empréstimo), até Joel Tagueu poderá continuar, depois de alguns anúncios de interesse por parte de outros emblemas. Também Pablo Santos deve manter-se de verde-rubro, apesar de também alguns anúncios para uma possível saída. O que está por definir de forma concreta.

Deste modo, devem chegar um central, um extremo e mais um ponta de lança, pelo menos.

Pedersen cai por terra

Entretanto, com a contratação de Bruno Ramires, cai por terra o ingresso do médio Daniel Pedersen, em final de contrato com o AGF Aarhus, conforme noticiado anteriormente. O médio, de 25 anos, está em final de contrato com a formação da Super Liga da Dinamarca e foi internacional Sub-20 e Sub-21 pelo seu país.