Branko dos ‘Buraka’ vem actuar ao NOS Summer Opening’18

O emblemático DJ dos Buraka Som Sistema fecha primeira noite do festival no Parque

18 Mai 2018 / 02:00 H.

É mais uma novidade no cartaz do NOS Summer Opening 2018, festival que se realiza nos dias 20, 21 e 22 de Julho, no Parque de Santa Catarina, no Funchal, com organização da Puppetry Productions. Trata-se de um nome conceituado da cena nacional que vai fechar a primeira noite do festival: Branko, DJ nacional e uma das traves-mestras dos Buraka Som Sistema.

Aliás, as noites de 20 e 21 serão encerradas com as actuações de DJs nacionais de primeira linha, estando para breve a confirmação do DJ que irá encerrar o 21 de Julho.

Sobre Branko importa referir que é um dos homens do leme da editora Enchufada, além de ser um dos responsáveis ‘da casa das máquinas’ dos Buraka Som Sistema e, nos últimos anos, “tem sido um dos mais incansáveis estetas do som de uma nova Lisboa, cruzando as influências recolhidas de África e das mais quentes pistas globais com o pensamento electrónico mais avançado”.

O álbum ‘Atlas’, que registou em modo ‘globe trotter’ em estúdios da Red Bull Music espalhados pelo Globo, o sucesso ‘Reserva Para Dois’ que criou com Mayra Andrade, e ainda as suas produções têm-no mantido na vanguarda de um som português que cada vez mais se projecta no mundo.

“A série de televisão ‘Club Atlas’, que o levou ao encontro dos mais vibrantes sons do planeta, ou a sua recente passagem pela gala final do Festival da Eurovisão, à frente de uma verdadeira embaixada com Sara Tavares, Mayra Andrade e Dino d’Santiago, colocam-no numa singular posição no topo de uma reinvenção da identidade nacional por via da música, da dança e do abraçar de outras culturas”, pode ler-se na apresentação de Branko.

Nas cabines de DJ que vai ocupando um pouco por todo o Mundo, “essa ideia reflecte-se em ‘sets’ explosivos e festivos que comandam a dança e garantem os aplausos das mais respeitadas publicações internacionais. Vai ser assim igualmente no NOS Summer Opening: uma celebração sem limites”, diz a organização do NOS Summer Opening 2018.

Cartaz ainda mais completo

Recorde-se então o cartaz até agora, cujo alinhamento do horário das actuações diárias ainda vai ser revelado pela organização: a 20 de Julho actua a madeirense Miss D; a Wet Bed Gang, um colectivo de rap e hip-hop; nesse dia actua o rapper Mishlawi, artista norte-americano a residir em Portugal, ‘arma’ nada secreta do colectivo Bridgetown; a cabeça-de-cartaz Mallu Magalhães; e ainda, como referido, o DJ Branko; a 21 de Julho actua Piruka, artista português da nova geração do rap e hip-hop que tem centenas de milhares de seguidores nas plataformas ‘on-line’ Youtube (vídeo) e Spotify (áudio) e milhões acumulados nos acessos às suas canções nas plataformas de ‘streaming’; toca a banda Barbante; actua o cantor Slow J, um artista aclamado pela crítica, sendo considerado um dos agentes mais importantes da nova música portuguesa, ele que é MC e produtor; e o cabeça-de-cartaz dessa noite é Richie Campbell, que nos traz o seu mais recente álbum ‘Lisboa’; e finalmente, no dia 22, há o grande concerto de Salvador Sobral, vencedor do Festival Eurovisão da Canção.

Os bilhetes para a edição de 2018 do NOS Summer Opening estão à venda e até dia 10 de Junho, o passe de 3 dias tem o custo de 35 euros, o de dois dias (sexta-feira e sábado) de 25 euros e o bilhete diário (sexta-feira ou sábado) de 20 euros. O bilhete diário de domingo custa 15 euros. Os preços depois assumem outros valores, por isso, a organização aconselha a adquirir já os bilhetes, à venda na Fnac Madeira, Fórum Madeira, lojas CTT, Worten, Ticketline.pt e Festicket.com.

Outras Notícias