Agente condecorado começa hoje a ser julgado

Polícia ‘recordista’ nas detenções está acusado de sequestro, tortura e agressão

08 Nov 2017 / 02:00 H.

Um agente da Polícia de Segurança Pública, louvado publicamente por ter efectuado 108 suspeitos de crime como furto, roubo ou tráfico de droga em apenas 19 meses, começa hoje a ser julgado, na instância de Santa Cruz da Comarca da Madeira por crimes de tortura, sequestro e ofensas à integridade física qualificada.

O queixoso é um homem que, na noite de 10 de Julho de 2016, se deslocou...