Afastamento do padre Anastácio resulta de queixa recente

Alegados abusos terão acontecido no Funchal, mas a vítima vive numa freguesia rural

09 Set 2018 / 02:00 H.

O afastamento de funções do padre Anastácio Alves, pela Diocese do Funchal, é uma das consequências de uma queixa recente por alegados abusos sexuais de um menor. A denúncia às entidades públicas foi iniciativa de uma Comissão de Protecção de Crianças e Jovens da Madeira, de fora do Funchal, e deu origem a uma investigação que, ao que conseguimos apurar, ainda decorre. Na última...

Outras Notícias