A somar em Português e a subtrair em Matemática

14 Jul 2018 / 02:00 H.

A Madeira melhorou em Português e piorou em Matemática, mostram os resultados das Provas Finais do 3.º Ciclo do Ensino Básico divulgados hoje. A percentagem de positivas na disciplina de Português foi de 88,7% e na Matemática de 44,6%, no ano passado tinha sido de 73,2% e de 51,4% respectivamente. No todo do país, este ano 87% dos alunos obtiveram uma classificação igual ou superior a 50%, percentagem que desce para cerca de 48% no caso da Matemática.

Se olharmos aos valores médios das provas na Região, a prova de Português ficou nos 66 valores, numa escala de 1 a 100, e a de Matemática nos 45, o mesmo valor da média nacional no primeiro caso, e um ponto abaixo da média de todas as escolas do país na Matemática. Este ano 2.503 alunos da Madeira e Porto Santo fizeram a prova de Português e 2.548 a de Matemática em 31 escolas, 27 públicas e quatro privadas.

Comparando com os valores de 2017, a Região conseguiu subir 15,5 pontos percentuais no número de positivas em Português, mas diminui 6,8% em Matemática. Se olharmos à taxa de aprovação, que tem em conta estas classificações obtidas nas provas nacionais (exames iguais para todos os alunos do país do ensino regular) e combina-as com a classificação interna final dada pela escola, os resultados são bem melhores. Os alunos que têm positiva passam para 95% em Português e para e 69% em Matemática. Ainda nos resultados das Provas Finais nestas duas disciplinas, a percentagem de alunos na Madeira com classificações de nível 4 e 5 quase que duplicou este ano em Português foi de 46,1% (mais 23,4% que em 2017); tendo descido em Matemática, apenas 23,4% tiveram notas de nível 4 ou 5 (menos 4,4% em relação a 2017).

As Provas Finais do 3.º Ciclo do Ensino Básico abrangeram ainda o Português Língua Não Materna (PLNM) - Nível Iniciação; o Português Língua Não Materna - Nível Intermédio; e o Português Língua Segunda, todas com médias positivas. Em PLNM Nível Iniciação a média na Madeira foi de 69 valores, a nível nacional a média foi de 62; no Nível Intermédio foi 78, dez valores acima da média nacional, que foi de 68; e no Português Língua Segunda foi de 81, um valor significativamente superior à média nacional que não ultrapassou os 64 valores. A Prova Final Nacional de PLNM na Madeira contou com 35 alunos no nível de Iniciação e 16 no nível Intermédio e a Prova Final Nacional de Português Língua Segunda foi realizada por dois alunos.

Além dos alunos que realizaram as Provas Nacionais do 3.º Ciclo, complementarmente realizaram-se as Provas Finais a Nível de Escola para os alunos com necessidades especiais, exames adaptados em cada instituição de ensino. Na Prova Final a Nível de Escola de 3.º ciclo em Português participaram 75 alunos, em Matemática foram 79.

Em termos gerais, as Provas Finais do 3.º ciclo de 2018 foram realizadas em 1.255 escolas de Portugal continental e das duas regiões autónoma e ainda em escolas no estrangeiro com currículo português.

Foram realizadas 189.266 provas de Português, de Matemática, Português Língua Segunda, para alunos surdos, e de PLNM, ao todo foram mais 3. 949 provas do que no ano transacto.

Este ano estiveram envolvidos 4.171 professores no processo de classificação das provas finais e ainda mais de 10.000 docentes vigilantes e pertencentes aos secretariados de exames das escolas.

Outras Notícias