Jovem morre electrocutado

Rapaz de 27 anos estava a trocar um fusível quando ocorreu o acidente

13 Out 2010 / 02:00 H.

Um jovem de 27 anos morreu electrocutado, ontem à tarde em Machico, quando substituía um fusível num esquentador.

A vítima, Óscar Diaz, tinha acabado de chegar a casa e preparava-se para tomar banho, quando aconteceu o acidente, por volta do meio-dia.
Os Bombeiros Municipais de Machico (BMM) e a Equipa Médica de Intervenção Rápida (EMIR) foram chamados ao local, no sítio da Igreja, freguesia de Água de Pena. Tentaram várias manobras de reanimação, mas não conseguiram salvar a vida do rapaz.

Óscar Diaz trabalhava no Aeroporto Internacional da Madeira, na empresa 'Portway', que trata do  'handling', e tinha feito o turno da manhã.
Natural da Venezuela, mas filho de madeirenses, o jovem era um amante da prática desportiva. Participava com regularidade em torneios de futebol, e estava agora a dar os primeiros passos no automobilismo, co-pilotando o 'Toyota Starlet' de Luís Freitas.

A dupla, que durante anos colaborou na organização de várias provas, correu com as cores do 'Team CD Nacional', e estreou-se   a 24 de Setembro, no Rali do Centenário. Terminaram na penúltima posição, mas deixaram uma excelente imagem e vontade em continuar a evoluir.

Além do desporto, a vítima estava também envolvida na política, e era o presidente no núcleo da JSD na freguesia de Água de Pena.

Outras Notícias