UMa divulgada em reunião internacional

Participação no 1º simpósio da 'rede de excelência' pode trazer novas parcerias

17 Jul 2010 / 02:00 H.

A Universidade da Madeira foi uma das 19 instituições de Ensino Superior de todo o mundo que participou no primeiro simpósio da Rede de Excelência de Territórios Insulares (RETI), que teve lugar na Universidade da Córsega nos passados dias 9 e 10 de Julho.

No âmbito do simpósio, o reitor, Castanheira da Costa,  que esteve em Itália em representação da UMa, fez uma apresentação sobre instituição regional, do ponto de vista científico, organizacional e nos termos do seu plano estratégico para 2010-2013.

A participação na reunião vai de encontro aos objectivos de internacionalização da UMa e também no sentido de se estabelecerem novas parcerias com universidades estrangeiras.

O simpósio, que teve lugar no passado fim-de-semana, teve como principal objectivo a formalização da RETI e a assinatura de um acordo multilateral entre as instituições participantes. Foram signatárias da convenção as universidades dos Açores e Madeira, das Ilhas Baleares, de Las Palmas e da La Laguna (Espanha), de Creta (Grécia), de Malta, de Palermo, Sassaro, Cagliari e Córsega (Itália), da Polinésia Francesa, das Antilhas (Guiana), da Nova Caledónia, da Reunião, de Antsiranana (Madagáscar), de Cienfuegos (Cuba), de Cabo Verde e de Prince Edward Island (Canadá).

A RETI tem como objectivo promover o intercâmbio académico (docentes, programa Erasmus ou de alunos de pós-graduações) entre universidades sediadas em territórios insulares, desenvolver projectos comuns e sobretudo "despertar a insularidade da sua marginalidade".

A médio prazo está prevista a cooperação científica em áreas como as energias renováveis, os recursos naturais, a gestão e valorização da água, a dinâmica do território e desenvolvimento sustentável, identidades e culturas, a tecnologia da informação e comunicação.

Outras Notícias