07 Out 2017 / 07:00 H.

Quinta do Lorde falida e viável em 15 dias


Esta é a manchete da edição impressa do DIÁRIO de hoje. O administrador judicial nomeado para a Quinta do Lorde, no Caniçal, mudou de opinião em apenas duas semanas, defendendo a viabilidade do empreendimento depois de ter preconizado o seu fim. O BPI, um dos maiores credores, não se conforma com a decisão. Em jogo estão dívidas no montante de 114 millhões de euros.

4.500 pessoas já foram vacinadas contra o vírus gripe na região. Até ao início do Inverno as autoridades querem vacinar um total de 34 mil, com 65 ou mais anos de idade.


Os 28 mil funcionários públicos na Região vão ser abrangidos pelo descongelamento das carreiras. As medidas aprovadas a nível nacional vão ter efeito imediato na Madeira.

Na área política Miguel Albuquerque já disse, publicamente, que não vai estar presente em nenhuma tomada de posse das câmaras municipais.

Agentes da Polícia Judiciária vão deslocar-se ao Porto Santo, na segunda-feira, para investigar a gestão PS na autarquia.

Estes são os principais temas da edição de hoje do DIÁRIO. No entanto há muito mais para ler e reflectir.

Outras Notícias