Funchal recebe o 4.º Workshop Regional da Madeira do projecto ClimAdaPT.Local

12 Jul 2016 / 12:19 H.

    No próximo dia 15 de Julho realiza-se, no auditório da Assembleia Municipal da Câmara Municipal do Funchal, o 4.º workshop regional do projecto ClimAdaPT.Local, de Capacitação e Disseminação, e que incluirá a apresentação do processo de elaboração da Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas (EMAAC) do município do Funchal.

    Será divulgado o caso de estudo do município de Sintra sobre os processos de adaptação às alterações climáticas. O workshop contará ainda com a presença do coordenador do projeto, Filipe Duarte Santos, professor da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, que apresentará as principais vulnerabilidades futuras e as opções a concretizar no processo de adaptação às alterações climáticas na região da Madeira.

    Este será o último, de um total de 7 workshops regionais, que foram realizados entre os meses de Junho e Julho com o apoio dos municípios e das CCDR envolvidas. Durante estes workshops, os municípios beneficiários têm estado a apresentar aos municípios congéneres da sua Área Metropolitana/Comunidade Intermunicipal, os passos que os conduziram à elaboração da sua EMAAC assim como os aspectos mais relevantes da estratégia.

    O projecto ClimAdaPT.Local, lançado em Janeiro de 2015, tem como objectivo iniciar em Portugal um processo contínuo de elaboração de Estratégias Municipais de Adaptação às Alterações Climáticas (EMAAC) e a sua integração nas ferramentas de planeamento municipal, trabalhando em parceria com 26 municípios de todo o país. Pretende-se alcançar este objectivo pela capacitação do corpo técnico municipal, pela consciencialização dos atores locais e pelo desenvolvimento de ferramentas e produtos que facilitem a elaboração e implementação das EMAAC nos municípios participantes no projeto e, no futuro, nos demais municípios portugueses.

    Ao longo dos últimos 18 meses do projeto ClimAdaPT.Local, foram desenvolvidos os seguintes objectivos específicos:
    • Desenvolvimento de 26 EMAAC, em parceria com as respetivas autarquias;
    • Desenvolvimento de um programa formativo em Adaptação Local às Alterações Climáticas, dirigido aos 52 técnicos municipais das 26 autarquias beneficiárias;
    • Criação de uma plataforma de comunicação online, que sensibilize as comunidades locais e nacionais e capacite os técnicos municipais para a importância de promover a Adaptação Local às Alterações Climáticas, apoiando a elaboração das EMAAC;
    • Criação de uma Rede de Municípios de Adaptação Local às Alterações Climáticas em Portugal, que constitua um fórum permanente de reflexão e dinamização das políticas públicas locais no domínio da Adaptação.