PTP-Madeira critica gestão autárquica em Santa Cruz

29 Set 2015 / 18:12 H.

O PTP-Madeira, em acção de campanha no Vale do Porto Novo, deixou esta terça-feira algumas críticas à gestão autárquica em Santa Cruz.
“Quero ser a voz daqueles trabalhadores que estão no desemprego e que a câmara de Santa Cruz foi lá buscar para trabalhar como cantoneiros, fazendo discriminação, pois a uns paga subsídio de alimentação e a outros não”, apontou José Manuel Coelho. Abordou a questão do pombo torcaz e garante que será “realmente o único deputado que vai defender os direitos dos agricultores na Assembleia da República”.

“Também tenho uma reclamação dos feirantes do Santo da Serra, que estão indignados com o presidente da câmara de Santa Cruz, pois ele mandou vedar a feira e nem sequer deixou um acesso para a casa de banho”, salientou o candidato do PTP-Madeira. 

“Há pessoas maldosas nestes senhores do JPP, pois já a segunda vez que me atiram um cartaz para dentro da ribeira e tenho testemunhas oculares disso”, denunciou José Manuel Coelho.

E também chamou a atenção para um empreendimento imobiliário “construído pelo senhor José Samuel França em 2003 e embargado por ordem do tribunal administrativo devido a uma queixa apresentada pelo Filipe Sousa, que está com a mira de entregar este empreendimento e licencia-lo para o Banif construir e receber o dinheiro e o senhor José Samuel França ficar sem nada”, disse José Manuel Coelho. 

Outras Notícias