PND propõe 'abertura' do mercado ao GPL

Força política lembra que GPL tem custo inferior à gasolina

30 Nov 2012 / 14:58 H.

    O deputado do Partido da Nova Democracia, Hélder Spínola, apresentou na Assembleia Legislativa Regional (ALM) um projecto de resolução para a criação do primeiro posto de abastecimento para GPL na Região Autónoma da Madeira e apoiar a conversão de 60 veículos, por forma a impulsionar o mercado.

    “Ao contrário do que sucede em Portugal continental, a Madeira não dispõe de nenhuma bomba de abastecimento para veículos a GPL (gases de petróleo liquefeito), um combustível que custa metade do preço da gasolina e que é muito menos poluente”. lê-se na nota enviada pela força política. “A Nova Democracia sabe que as principais empresas distribuidores de gás na Madeira estão capacitadas para proceder ao fornecimento imediato de GPL para uso automóvel, faltando apenas a existência de pelo menos uma bomba de abastecimento. Esta é uma opção que o governo regional não pode continuar a negar aos madeirenses, ainda mais num momento em que o desemprego aumenta, as famílias têm rendimentos cada vez mais baixos e os transportes públicos, em determinadas circunstâncias, conseguem ser mais caros do que o uso do automóvel.”, prossegue.
     

    Outras Notícias