Nota mais baixa de entrada em Medicina foi na Universidade da Madeira (UMa)

Divulgados resultados da primeira fase do concurso nacional de acesso ao Ensino Superior

18 Set 2011 / 00:02 H.

    Notas mínimas mais altas em Medicina registaram-se nos cursos da Universidade do Porto

    A nota mínima de entrada em Medicina subiu este ano para 18 valores, mais um do que no ano passado, indicam os dados do Ministério da Educação e Ciência (MEC).
    De acordo com os resultados da primeira fase do concurso nacional de acesso ao Ensino Superior, a nota mais baixa de entrada em Medicina, o curso que tem das médias mais altas a nível nacional, foi 18,02 (em 20), no acesso ao Ciclo Básico de Medicina da Universidade da Madeira.
    No ano passado, o mesmo curso teve nota mínima de entrada de 17,82.
    As notas de acesso mais altas verificaram-se nos cursos de Medicina da Universidade do Porto: 18,63 na Faculdade de Medicina e 18.55 no Instituto de Ciências Médicas Abel Salazar.
    Na Universidade do Minho registou-se a terceira nota mais alta para entrada no curso de Medicina: 18,45.
    Para entrar no curso da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, a nota mínima foi 18,35, enquanto em Lisboa a nota mais baixa que permitiu aceder ao curso foi 18,2, na Universidade de Lisboa e 18,12, na Universidade Nova.
    Segundo dados do MEC, ficaram colocados 42.243 alunos, o que representa 91 por cento das 46.636 candidaturas válidas.

    Lusa

    Outras Notícias