Lei Eleitoral "não é uma prioridade" para o PS

11 Set 2010 / 16:34 H.

Para o PS/M a Lei Eleitoral "não é uma prioridade".

A posição foi publicada na manhã de sábado no 'site' do partido, mas já tinha sido avançada ao DIÁRIO numa reacção a informações que têm surgido em diversos blogues de dirigentes partidários do PSD e do PS, sobre um eventual encontro com Alberto João Jardim, na Quinta Vigia, para debater a revisão da lei eleitoral.

Na nota assinada por Jacinto Serrão pode ler-se que apesar de haver uma nova proposta socialista para alterar a lei, integrada na moção de Vítor Freitas e aprovada em Congresso, o partido entende que "a Lei Eleitoral não é prioritária."

"A Plataforma Democrática e os seus objectivos são muito mais importantes, ou seja, lutar pelos princípios constitucionais que faltam ser observados e praticados na RAM", refere.

Outras Notícias