Vitória de Guimarães anuncia saída de José Peseiro, por mútuo acordo

15 Mai 2018 / 18:06 H.

O Vitória de Guimarães anunciou a saída do treinador José Peseiro, após o clube ter terminado a I Liga de futebol no nono lugar, em nota publicada na sua página oficial.

“A administração da Vitória Sport Clube, Futebol SAD, e a equipa técnica liderada por José Peseiro entenderam, por mútuo acordo, terminar a ligação iniciada em fevereiro de 2018”, lê-se na nota do emblema vimaranense.

Com contrato válido até 2019/20, o técnico ribatejano terminou o percurso em Guimarães, depois de ter substituído Pedro Martins há dois meses e meio, numa fase em que, decorridas 24 jornadas, o clube vitoriano já era nono, com 29 pontos, a oito do Rio Ave, no quinto lugar - objetivo mínimo traçado pelos minhotos.

Em dez jogos com Peseiro no comando, o Vitória de Guimarães somou 14 pontos, com quatro triunfos, dois empates e quatro derrotas, e foi incapaz de subir na tabela e aproximar-se do Rio Ave, que terminou o campeonato em quinto.

Os vila-condenses podem apurar-se para a Liga Europa, caso o Sporting vença a final da Taça de Portugal, com o Desportivo das Aves, em jogo a disputar no domingo (17:15), no estádio do Jamor.

José Peseiro, de 58 anos, teve no Vitória de Guimarães a quinta passagem por um clube da I Liga, depois de ter orientado o Nacional (2002/03), Sporting (2004/05 e 2005/06), clube em que foi finalista vencido na Taça UEFA, Sporting de Braga (2012/13 e 2016/17), com o qual chegou à ‘Champions’ e venceu uma Taça da Liga, e FC Porto (2015/16).

Numa mensagem publicada na sua página oficial na rede social Facebook, o técnico agradeceu o “apreço, a dedicação, a simpatia e o carinho” da estrutura, da administração, dos jogadores e dos adeptos vitorianos, e desejou que, no futuro, o clube atinja o “sucesso pretendido”.