União da Madeira e Penafiel ‘anulam-se’ na Ribeira Brava

30 Set 2017 / 19:30 H.

União da Madeira e Penafiel empataram hoje 0-0, em partida relativa à nona jornada da II Liga portuguesa de futebol, disputada no estádio do Centro Desportivo da Madeira, na Ribeira Brava.

Na estreia de Armando Evangelista, o Penafiel, que atuou toda a segunda metade reduzido a 10 elementos, conquistou um ponto, perante o União da Madeira, que dominou toda a segunda metade, mas não conseguiu encontrar o caminho da baliza.

Numa primeira parte muito disputada, mas com poucos momentos de inspiração, foi o União da Madeira a primeira equipa a criar perigo, à passagem dos 14 minutos, quando José Gomes, ao tentar intercetar um centro de Gonçalo Abreu, desviou para a sua própria baliza, valendo uma grande intervenção de Ivo para evitar o golo.

O Penafiel fazia pressão alta, criando muitos problemas na primeira zona de construção aos madeirenses e, aos 21 minutos, dispôs de uma boa ocasião, com Ludovic a surgir em posição privilegiada, mas a rematar desenquadrado com a baliza.

Apenas aos 40 minutos, uma das equipas voltou a criar perigo, desta feita a local, com Rodrigo Henrique a isolar-se, mas a definir mal.

O Penafiel respondeu no minuto seguinte, por Fábio Abreu, que também não finalizou da melhor forma.

Pouco antes do intervalo, o Penafiel sofreu um rude golpe, com a expulsão do central Diouf, após um lance com Allef Nunes, forçando a sua equipa a atuar reduzida a 10 toda a segunda parte.

No intuito de equilibrar a sua equipa, Armando Evangelista retirou um médio com características mais ofensivas (Gustavo) e fez entrar um mais defensivo (Tiago Ronaldo).

A segunda metade foi mais intensa e, aos 51 minutos, Rodrigo Henrique centrou e Gonçalo Abreu, bem enquadrado com a baliza, rematou para fora, desperdiçando uma soberana oportunidade.

Em inferioridade numérica, o Penafiel baixou as suas linhas, procurando criar problemas ao União da Madeira em rápidos lances de contra-ataque. A equipa da casa assumia as despesas do jogo, perante um Penafiel muito organizado no processo defensivo.

Aos 68 minutos, Júnior Sena centrou e Mica, na pequena área, cabeceou fraco e sem direção.

Contudo, foi o Penafiel a estar muito perto de inaugurar o marcador, aos 72 minutos, numa grande arrancada de José Gomes que só foi travada pela oportuna intervenção de Tony.

Na resposta, o União da Madeira também esteve muito perto de marcar, num remate de Júnior Sena, que embateu em Luís Pedro, já com o guarda-redes Ivo batido.

No último lance da partida, Tiago Ronaldo, num livre junto à entrada da área, rematou sobre a barra.

Tópicos