Swansea, de Carlos Carvalhal, bate Arsenal e sai da zona de descida em Inglaterra

30 Jan 2018 / 22:43 H.

O Swansea, treinado pelo português Carlos Carvalhal, venceu hoje em casa o Arsenal por 3-1, em encontro da 25.ª jornada da Liga inglesa de futebol, e saiu dos lugares de despromoção.

Um ‘bis’ de Clucas, aos 34 e 86 minutos, e um tento do ganês Ayew, aos 61, anularam o golo inaugural do espanhol Monreal, aos 33, e deram a vitória à formação de Carvalhal, que soma três vitórias em cinco jogos na ‘Premier League’ pelos ‘swans’.

Com este resultado, a formação galesa, que já tinha batido o Liverpool por 1-0 na jornada anterior, saiu da zona de despromoção e ascendeu provisoriamente ao 17.º posto, com 23 pontos.

Já a formação londrina, que estreou o arménio Mkhitaryan na segunda parte, segue no sexto ponto, com 42, e parece cada vez mais distante dos lugares de acesso à Liga dos Campeões, tendo visto o Liverpool, quarto classificado, ficar ainda mais distante com a vitória no reduto do Huddersfield (3-0).

Contratado no final de dezembro pelo Swansea, depois de ter saído do Sheffield Wednesday, do segundo escalão, Carvalhal perdeu um dos oito jogos disputados ao comando da equipa galesa, frente ao Tottenham (2-0), somando quatro vitórias e três empates em todas as competições.

O Liverpool, adversário do FC Porto nos oitavos de final da Liga dos Campeões, aproveitou o ‘deslize’ dos ‘gunners’ e venceu sem dificuldades no reduto do Huddersfield por 3-0, igualando provisoriamente os 50 pontos do Chelsea.

Emre Can (26), Roberto Firmino (45) e Mohamed Salah (78, de penálti) fizeram os golos dos ‘reds’, que ficaram a três pontos do Manchester United, de José Mourinho, segundo classificado, e com cinco de vantagem sobre o Tottenham, quinto.

Num ‘dérbi’ londrino, West Ham, com João Mário a fazer os 90 minutos e José Fonte e Domingos Quina a não saírem do banco, e Crystal Palace ‘anularam-se’ e dividiram os pontos, com ambas as equipas em posições confortáveis no meio da tabela.

O belga Benteke adiantou os forasteiros, aos 24 minutos, depois de assistência de Townsend, mas o ‘capitão’ Mark Noble fez o 1-1 final, aos 43 minutos, na conversão de uma grande penalidade.

Na quarta-feira, jogam-se os restantes jogos da 25.ª jornada da ‘Premier League’, com destaque para o Tottenham-Manchester United, o jogo ‘grande’ da ronda, e para a receção do líder, o Manchester City, ao West Bromwich.

Tópicos

Outras Notícias