Sporting retira processos disciplinares aos jogadores

11 Abr 2018 / 20:34 H.

O Sporting retirou hoje os processos disciplinares de que eram alvo futebolista do plantel, na sequência de um comunicado publicado nas redes sociais em que manifestaram desagrado pelas críticas do presidente, Bruno de Carvalho, anunciou hoje a SAD.

“Apesar de ter sido unanimemente considerado, pela administração da SAD e pelo Conselho Directivo do Sporting Clube de Portugal, que a atitude dos jogadores (...) foi incorreta para com a sua entidade patronal, entendeu-se que o momento actual tem de ser ainda de maior união e coesão, de forma a que possamos cumprir aquelas que são as naturais aspirações do universo sportinguista, isto é, a conquista das provas em que estamos a competir”, lê-se em comunicado.

A decisão de retirar os processos disciplinares que visavam duas dezenas de jogadores do plantel da equipa profissional de futebol, acontece após uma reunião do presidente da SAD, Bruno de Carvalho, com a Comissão Executiva.

“Com este gesto, a administração da SAD e a direcção do clube querem mostrar, mais uma vez, que os superiores interesses do Sporting estão e estarão sempre acima de qualquer situação ou decisão. Por vezes, estes superiores interesses justificam que seja dado um passo atrás, tendo a humildade de reconhecer estar a contribuir para que a equipa possa, dentro de campo, dar todos os passos em frente que sejam necessários à conquista da glória”, completa.

Outras Notícias