Portugal cada vez mais longe do ‘top 6’ do ‘ranking’ da UEFA

12 Abr 2018 / 23:15 H.

Portugal fechou a época futebolística 2017/18 no sétimo lugar do ‘ranking’ da UEFA, muito longe do sexto e de voltar a ter três equipas na Liga dos Campeões, cenário quase certo para as duas próximas temporadas.

Com o ‘adeus’ do Sporting à Liga Europa, com o 1-0 ao Atlético de Madrid, depois do desaire em Espanha por 2-0, Portugal ficou sem representantes nas taças europeias, fechando o ‘ranking’ com 47,248 pontos, no total das últimas cinco épocas.

Depois de ter andado no quinto lugar até 2015/16, conseguindo mesmo, até 2013/14, ameaçar o quarto posto dos italianos, Portugal tombou no final da época passada para o sétimo posto.

A consequência será refletida na próxima temporada, em que Portugal só terá duas equipas na ‘Champions’, o campeão de 2017/18 na fase de grupos e o ‘vice’ na terceira pré-eliminatória, e mais três na Liga Europa, incluindo o vencedor da Taça de Portugal, mais o terceiro e o quarto da I Liga.

No caso de o vencedor da final do Jamor, a 20 de maio, já ter entrada assegurada nas taças europeias, então ‘avança’ o quinto classificado do campeonato.

Este será também - a menos que aconteça algo extraordinário, como uma vitória portuguesa numa das duas competições de 2018/19 -- o cenário para a época 2019/20 e ameaça prolongar-se no tempo, pois o sexto posto está cada vez mais longe.

Portugal acabou 2015/16 em quinto, com 53,082 pontos, mas já com França (52,749) e Rússia (51,082) por perto, para, na época passada, ‘tombar’ dois lugares, ao cair para os 49,332 pontos, face aos 50.532 dos russos e aos 56,665 dos franceses.

A época 2017/18 também não correu bem para Portugal, que manteve o sétimo lugar (47,248 pontos), mas está agora mais perto de cair para o oitavo, da Ucrânia (41,133), do que de subir ao sexto, da Rússia (53,382).

Russos e ucranianos também já não têm representantes na Europa, ao contrário da França, que é quinta classificada, com 55,915 pontos, e tem o Marselha nas meias-finais da Liga Europa, pelo que ainda pode alargar a vantagem para a concorrência.

Na presente temporada, os três ‘grandes’ estiveram na Liga dos Campeões, mas só o FC Porto, com 10 pontos, logrou o apuramento para os oitavos de final, nos quais caiu perante o Liverpool, num duelo decidido com um 0-5 no Dragão, ao primeiro jogo.

Por seu lado, o Sporting foi terceiro, com sete pontos, ficando atrás de FC Barcelona e Juventus, e ‘tombou’ para a Liga Europa, na qual conseguiu afastar Astana e Viktoria Plzen, para cair nos ‘quartos’, face ao Atlético de Madrid.

Bem pior, tanto que não era possível fazer menos, foi a prestação do Benfica, que conseguiu a proeza de não somar um único ponto, num agrupamento com Manchester United, Basileia e CSKA Moscovo. Ninguém fez pior na ‘Champions’ 2017/18.

Por seu lado, o Sporting de Braga fez 10 pontos na fase de grupos da Liga Europa, venceu o seu agrupamento e, depois, foi afastado nos 16 avos de final pelo Marselha, enquanto o Vitória de Guimarães, com cinco, foi último no seu grupo.

Quanto ao Marítimo, não conseguiu um lugar na fase de grupos, ao ser afastado pelo Dinamo de Kiev no ‘play-off’, depois de bater o Botev Plovdiv na terceira pré-eliminatória.

Outras Notícias