“O impossível não é um facto”, diz treinador do Rio Ave sobre jogo com o Benfica

02 Fev 2018 / 15:55 H.

O técnico do Rio Ave, Miguel Cardoso, considerou que não é impossível a sua equipa conseguir um bom resultado no sábado frente ao Benfica, garantindo um grupo motivado para tal.

O treinador dos vila-condenses fez hoje a antevisão ao duelo da sua equipa frente aos ‘encarnados’, na 21.º jornada da I Liga portuguesa de futebol, reconhecendo, ainda assim, “dificuldades” na deslocação à Luz.

“Será um jogo difícil, mas temos a consciência que o impossível não é um facto. Vamos defrontar um adversário que luta pelo título, num estádio que estará a fervilhar, mas tudo isso também motiva a equipa do Rio Ave”, apontou o técnico da formação de Vila do Conde.

Miguel Cardoso quer que a sua equipa se mantenha fiel ao modelo de jogo que tem vindo a apresentar, considerando que assim for “o Rio Ave estará mais perto de ser competente”, mesmo perante um adversário a quem deixou elogios.

“O Benfica tem um conjunto de valias que lhe permite encarar diferentes cenários de jogo, contextos, lesões, e momentos menos bons dos jogadores, é uma equipa competente. Mas vamos na expectativa de sermos Rio Ave”, partilhou.

A formação de Vila do Conde encaixou, na última jornada, uma pesada derrota, por 4-1, em casa do Portimonense, algo que Miguel Cardoso garantiu não ter feito mossa no grupo de trabalho.

“Não podemos dizer que estamos mal. As equipas, ao longo de uma época, vão perder e ganhar pontos e o importante é manter a tendência comportamental, porque será ela a trazer os resultados e, sobretudo, o conforto de jogarmos com qualidade”, desabafou o treinador do Rio Ave.

O treinador reconheceu erros defensivos no duelo frente ao Portimonense, no Algarve, e acredita que os mesmos serão corrigidos frente ao Benfica.

“Queremos voltar ao registo da confiança”, acrescentou.

Para isso, Miguel Cardoso, que não divulgou a lista de convocados, volta a contar com o defesa central Marcelo e o guarda-redes Cássio, este recuperado de lesão.

Em sentido inverso, os dois laterais direitos do plantel, Lionn e Nadjack, continuam lesionados, e não poderão da o contributo à equipa.

Também de fora ficam Pelé, que tem de cumprir um jogo de suspensão, e Yuri Ribeiro, que está em Vila do Conde por empréstimo do Benfica, e por isso é inelegível para este desafio.

O Rio Ave, quinto classificado com 33 pontos, desloca-se no sábado ao terreno do Benfica, terceiro, com 47, em jogo que terá início às 18:15.

Outras Notícias