Mónaco “fez história” ao chegar às meias da ‘Champions’

20 Abr 2017 / 10:04 H.

O treinador do Mónaco, o português Leonardo Jardim, considerou ontem que a sua equipa “fez história” ao apurar-se para as meias-finais da Liga dos Campeões de futebol.

“Estamos muito felizes, o Mónaco hoje [ontem] fez história”, disse, no final da partida da segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões frente ao Borussia Dortmund, que os monegascos venceram por 3-1.

Para Leonardo Jardim, a equipa do Mónaco demonstrou hoje ser uma “equipa organizada”, que “sabe jogar as várias fases do jogo”.

“Entrámos fortes, controlámos o jogo e na segunda parte tudo foi mais fácil (...). Quando começámos a Liga dos Campeões percebemos que a equipa tinha qualidades e bons executantes e foi crescendo ao longo da prova”, disse.

Relativamente à fase seguinte da competição, o técnico português admitiu que, seja quem for o adversário (entre Real Madrid, Atlético Madrid e Juventus), o Mónaco terá pela frente uma equipa “de alto nível”.

“São três equipas muito fortes, mas vamos esperar pelo sorteio, tentando trabalhar o melhor possível para contrariar os possíveis adversários”, declarou.

No final do jogo, também o internacional português Moutinho confessou a “sensação muito boa” de atingir as meias finais da ‘Champions’.

“Merecemos porque jogámos muito bem. Não tivemos medo de jogar o nosso futebol, criámos oportunidades. Chegámos às meias-finais, mas agora queremos mais”, afirmou o médio luso, hoje titular tal como o compatriota Bernardo Silva.