Marrocos vai levar a FIFA a tribunal para conseguir usar El Haddadi

10 Abr 2018 / 15:53 H.

A federação marroquina de futebol vai levar a FIFA ao Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) com o objectivo de recrutar o avançado espanhol Munir El Haddadi antes do Mundial2018, na Rússia, anunciou hoje o TAS.

O TAS afirma que foi registada uma queixa de El Haddadi e da federação marroquina de futebol contra a FIFA dado o impedimento de o jogador que alinha no Alavés por empréstimo do FC Barcelona alinhar pela seleção africana.

As regras da FIFA impedem os atletas de jogarem por uma selecção, depois de já terem representado outro em jogos oficiais e do mesmo escalão.

El Haddadi, que possui nacionalidade espanhola e ascendência marroquina, jogou pela Espanha na qualificação para o Euro2016, tendo entrado ao minuto 77 no partida frente à Macedónia, que os espanhóis venceram por 5-1.

O TAS afirma que o futebolista e Marrocos exigiram uma decisão até a meio do mês de maio, antes de serem anunciados os convocados para o Mundial2018.

Marrocos, do luso-descendente Manuel da Costa, e Espanha vão defrontar-se no Mundial2018, em 25 de junho, na cidade de Kaliningrado. Portugal e o Irão estão no Grupo B, juntamente com ambas as selecções.