Madeirense Ivo Vieira quer capitalizar “bom momento” do Estoril

11 Fev 2018 / 19:37 H.

O treinador do Estoril Praia, Ivo Vieira, quer aproveitar a fase positiva da equipa na I Liga de futebol, na qual conquistou duas vitórias seguidas e visita agora o Moreirense, um rival direto na luta pela manutenção.

Em declarações prestadas hoje na conferência de imprensa realizada no Estádio António Coimbra da Mota, o técnico estorilista salientou os “índices de confiança mais altos”, mas alertou para a necessidade de manter o mesmo compromisso perante uma “tarefa difícil” frente à equipa de Moreira de Cónegos, que ocupa o 16.º posto na classificação.

“Todos temos de perceber que ainda há um longo caminho a percorrer e que nada está conquistado. É um momento bom para dar continuidade a estes dois resultados e só jogando com concentração, empenho e compromisso é que poderemos dar continuidade a este momento”, afirmou.

O treinador do Estoril acentuou que a evolução se deu sobretudo nos resultados, já que a qualidade exibicional tem sido, no seu entender, consistente. Apesar da situação difícil na I Liga, na qual ocupa provisoriamente o 18.º e último lugar, Ivo Vieira realçou a capacidade dos adversários e o consequente maior “equilíbrio” na prova.

“Há um leque de seis ou sete equipas que estão com uma diferença de dois ou três pontos, e isso é apenas um jogo. Tenho visto os jogos e, a par do Estoril, há equipas também na mesma zona que têm feito jogos interessantes. Isso faz que o campeonato seja mais equilibrado”, frisou.

Questionado sobre a abordagem que o Estoril vai ter ao desafio de Moreira de Cónegos, o técnico estorilista assegurou uma formação com o mesmo espírito e a mesma identidade exibidas nos anteriores encontros.

“O nosso jogo não vai fugir à nossa rotina. Vamos tentar assumir o jogo, procurar ganhar, sendo uma equipa ofensiva, mas tudo isto se faz ou não se faz com a oposição do adversário. Obviamente, sabemos aquilo que o adversário nos pode criar, mas estamos preparados. Do outro lado também está uma equipa a atravessar um momento bom”.

A vitória sobre o Sporting na ronda anterior, por 2-0, pode ser lida como um indício de crescimento do Estoril. Confrontado com um eventual facilitismo dos jogadores agora que o adversário será o Moreirense, o treinador do ‘clube da Linha’ recusou liminarmente esse cenário e vincou a exigência de compromisso total em todos os jogos.

“É um trabalho meu garantir que os jogadores tenham o mesmo empenho e a mesma determinação que tiveram contra o Sporting. Há uma coisa de que não vou abdicar: o empenho. Se o adversário for melhor, temos de ter consciência do que fizemos e que foi o máximo. Se for por mérito dos outros, tudo bem; se for por demérito nosso, isso não admito”, alertou.

O Estoril utilizou já cinco dos ‘reforços’ que chegaram no mercado de transferências de inverno e o Ivo Vieira não escondeu o impacto positivo que estes elementos vieram ter no plantel, ajudando também a lidar com a ‘onda de lesões’ que chegou a assolar o clube há algumas semanas.

“Vieram colmatar algumas posições que tínhamos em défice. A competitividade aumentou. Só o preenchimento dessas lacunas veio trazer-nos outra qualidade. Quando estiverem todos disponíveis vai ser a dor de cabeça mais saudável que um treinador pode ter, e eu gosto de a ter”, sentenciou.

O Estoril, 18.º classificado, com 18 pontos, visita na segunda-feira, às 20:00, o Moreirense, 16.º, com 19, num jogo marcado para o Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.

Tópicos