Luís Filipe Vieira apela à mobilização benfiquista nas cinco finais que faltam

14 Abr 2018 / 05:01 H.

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, apelou ontem à mobilização dos adeptos para ajudarem o clube a conquistar no final da época o pentacampeonato.

Após a cerimónia de inauguração oficial das novas instalações da Casa do Benfica em Alcácer do Sal, filial número 249, o líder das ‘águias’ lançou no discurso proferido antes do jantar um repto aos benfiquistas para o ‘clássico’ de domingo com o FC Porto e para as quatro ‘finais’ seguintes.

“Daqui sai um apelo, para que todos nos mobilizemos para apoiar a nossa equipa nestas cinco finais até final da época. Domingo, estamos todos convocados. Todos convocados, para dar um bom exemplo do futebol como festa, com ‘fair play’, mas também como expressão da força do Benfica”, disse.

Para uma plateia de cerca de 500 pessoas que estiveram no pavilhão Gracieta Baião, em Alcácer do Sal, o dirigente, sem nunca mencionar o nome do FC Porto, confessou o desejo de ter uma tarde memorável no ‘clássico’ da 30.ª jornada da Liga portuguesa de futebol.

“Domingo é à Benfica. Trabalhar muito, merecer e saber ganhar. Hoje é dia 13, para uns de sorte, para outros de azar. No Benfica, sabemos que a sorte dá muito trabalho. Há um penta para ganhar”, vincou.

O presidente do Benfica, que se apresentou em Alcácer do Sal acompanhado pelo novo chefe de gabinete do clube, Nuno Costa (ex-chefe de gabinete da presidência da Câmara Municipal de Oeiras), destacou a importância de ter “bons e fortes rivais”.

“Bons rivais só engrandecem as nossas vitórias. Nós não temos receio em ter rivais fortes - bem pelo contrário. Rivais fortes, campeonatos competitivos, clubes coesos e bem estruturados é bom para as competições, é bom para todos”, disse.

Luís Filipe Vieira falou também da responsabilidade que o clube tem como representante do desporto além-fronteiras.

“Mais do que nunca, temos um enorme sentido de responsabilidade para contribuir para preservar o bom nome e o prestígio do desporto nacional e do futebol português. Temos que preservar a boa imagem que o nosso futebol e o nosso país têm a nível internacional”, referiu.

Luís Filipe Vieira, que teve ao seu lado em Alcácer do Sal a antiga glória José Augusto e os vice-presidentes Domingos Almeida Lima e Alcino António, destacou ainda o facto de o estádio do clube estar perto de atingir a marca do milhão de espectadores na presente temporada.

“Somos hoje uma enorme força desportiva, que depende de si própria, que enche estádios. O nosso Estádio da Luz está à beira de ter nesta época um milhão de espectadores e temos a ambição de continuar essa vocação ganhadora”, disse.

Outras Notícias