José Couceiro exige “concentração” para Vitória de Setúbal vencer Rio Ave

03 Mar 2018 / 14:43 H.

O treinador do Vitória de Setúbal quer no domingo vencer o Rio Ave, em partida da 25.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e, ao mesmo tempo, corrigir a imagem deixado no Bessa.

“O nosso foco é ganhar ao Rio Ave, fazer um bom jogo e recuperar do último resultado. Temos que ser nós a querer controlar a partida, frente a uma equipa positiva que tem o seu modelo de jogo bem definido”, disse José Couceiro, em conferência de imprensa.

Para conquistar os três pontos diante dos vila-condenses, o treinador do conjunto setubalense frisou a importância de manter a concentração durante os 90 minutos.

“O jogo com o Boavista foi dos que mais erros cometemos, muitos deles por falta de concentração. Perdemos e sofremos quatro golos, a responsabilidade foi nossa. Não podemos ‘tapar o sol com a peneira’, temos que ser muito mais concentrados nos momentos em que temos a bola”, alertou.

José Couceiro antevê um duelo complicado frente a um clube que tem sido consistente nos últimos anos.

“Espero um jogo difícil, contra uma equipa que fez boas campanhas com os seus últimos quatro treinadores: Miguel Cardoso, Luís Castro, Pedro Martins e Nuno Espírito Santo. O Rio Ave tem vindo a crescer nos últimos anos e a cimentar a sua posição por mérito próprio”, referiu.

Apesar da missão difícil que tem pela frente, o Vitória de Setúbal está determinado a vencer para ganhar pontos na luta pela fuga às últimas posições.

“Esperamos chegar ao final do jogo e somar os três pontos. Já entrámos numa fase da prova em que é importante cimentar posições na tabela”, sublinhou.

Devido à chuva intensa das últimas horas, José Couceiro manifestou preocupação pelo estado do relvado do Bonfim, que na sessão matinal foi poupado pela equipa, que treinou nas zonas atrás das balizas.

“Espero que não chova muito mais para o campo estar em condições. Neste momento, está com muita água. Se continuar a chover o que choveu hoje de manhã em Setúbal, o campo fica alagado. Não estou com isto a dizer que o campo não esteja em condições amanhã (domingo)”, ressalvou.

Frente ao Rio Ave, e além de Yannick Djaló, avançado que continua a ser ‘baixa’ mas deverá ser reintegrado (com algumas limitações) nos trabalhos da equipa na próxima semana, os sadinos não deverão contar com o contributo de João Teixeira, médio que se lesionou face ao Boavista.

O Vitória de Setúbal, 15.º classificado, com 21 pontos, recebe no domingo, pelas 18:00, no Estádio do Bonfim, em Setúbal, o Rio Ave, quinto, com 37 pontos, em jogo da 25.ª jornada da I Liga.

Outras Notícias