Frederico Rezende prepara-se para novas conquistas

11 Abr 2018 / 15:03 H.

Frederico Rezende irá fazer a travessia entre Ponta Delgada, nos Açores, e Funchal em mota de água. Uma prova, integrada nas comemorações dos 600 anos da descoberta da Madeira, que deverá se realizar, no dia 10 de Junho, durante 48 horas.

“Esta data é uma previsão, porque normalmente temos de apontar uma data para termos um objectivo determinado, mas depois iremos, em função das condições meteorológicas, definir exactamente qual é o dia da prova”, disse o atleta do Marítimo, esta manhã, na apresentação da travessia, que se realizou, na Placa Central da Avenida Arriaga.

Carlos Pereira, presidente do Marítimo, elogiou o percurso de Frederico Rezende que já entrou para o Guiness aquando da travessia feita entre Lisboa e Funchal e espera que, mais uma vez, o atleta consiga chegar longe nesta prova.

“Desejo as maiores felicidades para esta sétima aventura e o Marítimo está sempre na linha da frente, é um grande e está sempre com os grandes e vai continuar a fazer obra para o nome da Região estar bem dentro e fora. Nós trabalhamos muito para fora, nós caminhamos muito para a internacionalização, esta é uma prova nacional, mas o Marítimo com este nome, com mais esta participação e com a possibilidade de ter este duplo certificado do Guiness é obra numa região tão pequena”, realçou.

Para Miguel Albuquerque, presidente do Governo Regional, Frederico Rezende é a prova de que os sonhos viram realidade. Na sua opinião, esta é também uma forma de “chamar a atenção” para os desportos náuticos, mas também para a importância do mar enquanto recurso.

A travessia, que contará com o apoio importante no mar da Marinha e do SANAS, requer, segundo Paulo Jorge Ribeiro, comandante da Zona Marítima da Madeira, uma grande “força mental e física” que o atleta já demonstrou em outras provas desta categoria.

Tópicos

Outras Notícias