Federação Portuguesa de Futebol decreta um minuto de silêncio

Em memória das vítimas do acidente aéreo na Colômbia

30 Nov 2016 / 23:59 H.

A Federação Portuguesa de Futebol decretou um minuto de silêncio em todos os jogos a realizar entre quinta-feira e 05 de dezembro, na sequência do acidente de aviação que vitimou, na Colômbia, a equipa de futebol brasileira Chapecoense.

“A Federação vai homenagear a Associação Chapecoense de Futebol” nos jogos de competições organizadas pelo organismo, anunciou aquele organismo numa nota publicada no sítio oficial na Internet.

A medida abrange a jornada de domingo do Campeonato de Portugal, terceiro escalão de futebol, bem como o campeonato nacional de juniores, em masculinos, além da Liga de futebol feminino, assim como a segunda divisão e vários campeonatos de escalões jovens.

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) também decretou, na terça-feira, um minuto de silêncio em todas as partidas sob a tutela do organismo até dia 05 de dezembro.

A Chapecoense ia disputar a primeira mão da final da Taça Sul-americana com os colombianos do Atlético Nacional, em Medellín, mas, na madrugada de terça-feira, em Cerro Gordo, na Colômbia, o avião em que seguia despenhou-se.

Entre as 71 vítimas, estão 22 jogadores do clube brasileiro, 22 dirigentes, membros da equipa técnica e convidados, 22 jornalistas e nove tripulantes, tendo sobrevivido seis pessoas, três jogadores, dois tripulantes e um jornalista.

Outras Notícias