Del Piero diz que “foi justo” Luka Modric vencer o prémio e analisa eficácia de Ronaldo

Del Piero assume que o sistema defensivo implementado em Itália está a dificultar a acção de CR7

03 Set 2018 / 13:04 H.

Del Piero, o maior goleador da história da Juventus, não entra em consonância com os discursos de Jorge Mendes ou do director-executivo dos ‘bianconeri’, Beppe Marotta, que reclamaram o prémio de melhor jogador da UEFA para Cristiano Ronaldo.

“Foi justo dar o prémio de melhor jogador do ano para Luka Modric”, afirmou o avançando transalpino, em declarações à Sky Sports Itália.

Sobre a ausência do ‘astro’ madeirense da cerimónia, Del Piero afirmou que “se ele tivesse ido não haveria controvérsia”, mas “se houve controvérsia, isso significa que houve um erro”.

Eficácia de Ronaldo analisada

Houve ainda tempo para Del Piero, autor de 289 golos enquanto envergou a camisola da Juventus, abordar a seca de golos que CR7 atravessa, isto quando já foram jogadas três partidas na Liga Italiana.

“Os nossos sistemas defensivos estão entre os melhores do mundo, senão mesmo nos melhores de sempre. Neste momento ele tem que se adaptar um pouco, mas ele tende a fazer sempre uma melhor segunda volta. Na Liga dos Campeões será diferente”, explicou Del Piero, considerando que nessa competição “haverá muitos mais espaço” para o ‘astro’ madeirense explorar.

Outras Notícias